TURISMO & HISTÓRIA

Notas para um jornalismo literário e histórico

 
 
  • Thomas Bruno Oliveira

Maratona literária

Atualizado: 17 de mai. de 2019

Uma maratona literária semeou poesia pelos quilômetros que teimam em separar Campina Grande e João Pessoa. Unidas pelas letras, na última semana, seus faróis interagiam e cintilavam generosos lúmens nas almas de escritores, enternecendo os corações de aficionados pela literatura paraibana. Testemunhei e pude palmilhar cada passo e cada curva desse percurso que partiu de Campina para a capital, voltando para a linha de chegada na Serra da Borborema sob as bênçãos das missas de domingo de Ramos.


Sede da Academia Paraibana de Letras

Tudo teve início no ‘Quartas literárias’, evento organizado pelo amigo Erik Brito – nas dependências da Casa Paisá – para aproximar autor e leitor, em um bate papo intimista e extremamente aconchegante. A Casa é o mais novo reduto cultural das artes e das letras da Rainha da Borborema. Para a noite (10/04/19) o convidado foi o também amigo Prof. Josemir Camilo de Melo. Atualmente Presidente da Academia de Letras de Campina Grande, Camilo foi professor da UFPB (depois CG) e da UEPB e tem uma destacada atuação na cidade no que se refere ao mundo das letras e dos estudos históricos; pesquisou a ferrovia, o patrimônio histórico e a cidade sob vários aspectos. Orientou diversas pesquisas e adotou Campina há exatos 40 anos, lugar de onde afirma não mais sair, só a passeio! À meia luz e longe de qualquer formalidade, Camilo discutiu com os presentes o tema ‘Literatura, romances e memória’ e falou um pouco de um livro de memórias que vem escrevendo ao longo dos anos, bem como algumas passagens de sua vida.


Erik de Brito e Josemir Camilo na Casa Paisà

No outro dia, deixamos o friozinho do alto da Serra e fomos apreciar o pôr do sol no Centro Histórico da capital, ambiente que exala a história primeva genuinamente por todos os seus recantos. Após o cair da tarde, subimos para o auditório Celso Furtado da Academia Paraibana de Letras onde houve mais um ‘Pôr do Sol Literário’; organizado por Juca Pontes e Helder Moura o evento chega com sucesso a sessenta edições. O grande momento, já a noitinha, foi a homenagem feita ao poeta e crítico literário Hildeberto Barbosa Filho pelo cronista Gonzaga Rodrigues. Foi uma beleza ver Gonzaga discursando e em seguida Hildeberto respondendo, ambos de improviso e também de uma vivacidade própria de dois monstros sagrados de nossas letras, acadêmicos que são. Foi a reverência da Praça Yaya Tavares (Alagoa Nova) à Comarca das Pedras (Aroeiras) num diálogo de gestos firmes, sorrisos cândidos e afagos poéticos.


Hidelberto Barbosa Filho, Gonzaga Rodrigues e Helder Moura na APL

No domingo, foi a vez do ‘Clube dos Leitores de Campina Grande’ se reunir. O encontro ocorre uma vez por mês sempre nas dependências da Escola e Casa de Radioamadores. O Clube é muito interessante e foi inaugurado ano passado quando Edmar Gurjão teve a ideia de fazer um evento que proporcionasse a doação, troca, compra, venda, exposição de livros e objetos colecionáveis. Passadas algumas edições, o projeto teve o apoio do escritor José Edmilson Rodrigues (por quem fui convidado) e outros intelectuais e atualmente conta com um lançamento de livro e debate sobre uma obra literária. O livro da vez foi o Menino de Engenho do paraibano José Lins do Rego, provocando uma instigante discussão e o lançamento ficou por conta de Josemir Camilo com a biografia de Afonso Rodrigues de Souza Campos. A próxima reunião do Clube já tem data, será no dia 19 de maio, contando com o lançamento de ‘As palavras me escrevem’ do Hildeberto Barbosa e a obra escolhida para o debate foi ‘O Quinze’, de Rachel de Queiroz.


Josemir no Clube dos Leitores de Campina Grande

Em uma semana tivemos eventos grandiosos e que devem ser cada vez mais valorizados pois estão movimentando nossos escritores, leitores e sobretudo fomentando a nossa cultura.


#MaratonaLiteraria #Poesia#CampinaGrande #JoaoPessoa#Literatura #SerradaBorborema#QuartasLiterarias #CasaPaisa #ALCG#APL #ClubedosLeitoresdeCG#EventoLiterario #Cronica#CronicaSemanal #ThomasBruno#Autor #escritores #escritor #Paraiba @erikfbrito @joseedmilsonrodrigues@jucapontespb @heldermoura2013

196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
PR Eletro.JPG
Fabio Santana Corretor.JPG
King Flex.JPG
Anne Closet.JPG
pizza.JPG
 
 
DSC_4252.JPG

ENTRE EM CONTATO

  • twitter
  • instagram
  • facebook

Obrigado pelo envio!

 
DSCF2988.JPG

DANDO INÍCIO

O começo

Durante anos temos viajado por diversos lugares para o desempenho de pesquisas e também para o deleite do turismo de aventura. Como um observador do cotidiano, das potencialidades dos lugares e das pessoas, tenho escrito muitas dessas experiências de centros urbanos como também de suas serras, montanhas e rios. Isso ocasionou a inspiração de algumas pessoas na ajuda em dicas de viagem.
Em 2005, iniciamos uma série de crônicas e artigos no Jornal Diário da Borborema, em Campina Grande-PB e após anos, assino coluna nos jornais A União e no Contraponto. Com o compartilhamento das crônicas, amigos me encorajaram e finalmente decidi entrar nas redes.
Aqui estão minhas opiniões, paixões, meus pensamentos e questionamentos sobre os lugares e cotidiano. Fundei o Turismo & História com a missão de ser uma janela onde seja possível tocar as pessoas e mostrar um mundo que quase não se vê, num jornalismo literário que fuja do habitual. Aceita o desafio? Vamos lá!

Vamos conectar